Ministério da defesa deu 10 quilos de arroz e dois litros de óleos no óbito do 1º sargento

Partilhe

A informação foi avançada hoje, 16, aos parentes que testemunharam a chegada da mercadoria na passada quarta-feira, 14, no município de Viana no bairro zona verde. 1º Sargento que em vida chamava-se Gervásio Bartolomeu, morreu no dia 11 deste mês numa das unidades hospitalar de Luanda vítima de doença.


Por Isidro Kangandjo

Dois parentes que falaram ao Factos Diários, contam que foram humilhados pelo Ministério da Defesa Nacional por esta instituição de segurança ter entregado apenas dez quilos de arroz, uma caixa de frango e dois litros de óleo.

Gervásio Bartolomeu de 48 anos de idade, foi destacado durante muitos anos no Comando do Zenza do Itombe ligado à Unidade Especial de Desminagem criada em 2006 pelo General Manuel Hélder Vieira Dias “Kopelipa” e controla cerca de 14 brigadas em todas províncias.

Os familiares avançam que o enterro estava marcado para a passada quarta-feira, por falta de condições e disponibilidade do caixão na parte da unidade no qual pertencia, foram forçados a enterrar apenas hoje no Cemitério do Benfica.

1 thought on “Ministério da defesa deu 10 quilos de arroz e dois litros de óleos no óbito do 1º sargento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »