CASA-CE solidário com Presidente do CNJ e repudia violências contra manifestantes

Partilhe

O Colégio Presidencial da Convergência Ampla de Salvação de Angola-Comissão Eleitoral, CASA-CE, atento, preocupado e solidário com a luta diária dos jovens angolanos, visando a alteração da precária situação social e económica no país, apresentou ontem, 18, o repúdio de violência física e psicológica perpetrado por agentes da Polícia Nacional contra jovens que participavam numa manifestação pacífica, realizada neste sábado, 17, pelo Movimento dos Estudantes de Angola (MEA), contra o custo elevado dos emolumentos e serviços praticados nas universidades do país.


Por Redação do Factos Diários

Nos mesmos termos, o Colégio Presidencial da CASA-CE, comprometido com paz e a consolidação do Estado democrático e de direito, aproveita o momento, para expressar a sua solidariedade aos jovens estudantes violentados por agentes da Polícia de Intervenção Rápida, bem como ao jovem Isaías Kalunga, Presidente do Conselho Nacional da Juventude (CNJ), agredido por jovens manifestantes, e encoraja os jovens angolanos a não abdicarem da luta pacífica, patriótica em prol da plena realização material e espiritual dos seus sonhos.

O Colégio Presidencial da CASA-CE salienta ainda, que não sendo a violência o caminho para se resolver os problemas da juventude, não podem os jovens, sobretudo manifestantes, que dia após dia denunciam e condenam actos de violência policial contra si, socorrerem-se da mesma prática para agredir quem quer que seja.

PUBLICIDADE NO FACTOS DIÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »