Líder juvenil do APN entende que os problemas da juventude serão resolvidos colocando o MPLA na oposição

Partilhe

Pedro Vita Secretário Nacional da Juventude da Aliança Patriótica Nacional (APN), fez saber ao Factos Diários que a solução de ver os problemas da juventude resolvidos, começa por colocar o MPLA na oposição, por isso, pede a união e não se deixar nas campanhas políticas falsas


Por Isidro Kangandjo

Pedro Vita reconheceu esta terça-feira, 04, que a situação da juventude angolana é precária e culpa o Partido-Estado de ser o mentor das desgraças que a juventude atravessa. Para o jovem político,“o MPLA tem feito um papel que frustra a juventude, o MPLA frustrou os jovens ao ponto de socorrerem-se ao mundo do crime e da prostituição. Na medida em que a pobreza vai aumentando, os jovens deixam de sonhar e dedicam-se simplesmente nos jogos de batotas. É uma lástima ver um jovem formado a pedir Kz 100,00 para bater ficha ou jogar não-te-rites para ver se ganha e resolve alguns problemas pessoais. Isso demonstra claramente que a juventude está desocupada e o governo liderado por MPLA perdeu o controlo da nova geração”, disse.

O líder juvenil da Alinça Patriótica Nacional, conta que o partido no poder ficou sem políticas para com a juventude e os 500 mil empregos prometidos na campanha eleitoral de 2017 não passa de um discurso para convencer os eleitorados, por isso, manda um recado aos jovens no sentido de não se deixar enganar.

“Em 2022 os jovens devem tirar  o MPLA por ser o Centro da desgraça dessa geração. O MPLA adiou o sonho da juventude angolana, por isso, a melhor solução dos problemas da juventude é tirar o MPLA no poder e colocar na oposição”. Sobre os programas virados aos ao jovens, o político entende que “os programas virados aos jovens, visam beneficiar apenas os membros da JMPLA e das instituições juvenis ao serviço do MPLA. Há uma exclusão enorme para aqueles jovens partidários e daqueles que não se revejam nas políticas do MPLA”, contou.

Segundo o nosso entrevistado, o secretariado Nacional da Juventude do APN que agora foi inserido como Membro efectivo do CNJ, a maior plataforma da juventude angolana, vem trabalhando na parceria com outras organizações juvenis e instituições religiosas no sentido de transmitir os programas do Partido e do seu departamento. Segundo Pedro Vita, o programa de auscultação com a franja juvenil poderá culminar com o primeiro encontro Nacional da Juventude do partido APN onde o Presidente Quintino Moreira será o convidado de honra.

Pedro Vita, fez saber ao Factos Diários que os líderes juvenis partidários na oposição, estão unidos na busca de soluções para a juventude e, nesta dinâmica de ver resolvido os problemas da juventude está o Conselho Nacional da Juventude como receptor das inquietações.

PUBLICIDADE NO FACTOS DIÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »