CALÚNIA E DIFAMAÇÃO PARA ATINGIR JOSÉ PEDRO DE MORAIS

Partilhe

OPINIÃO DE “RUI DE ALMEIDA”

Os filhos de José Pedro de Morais estão a ser alvos de um ataque sem precedentes nas redes sociais, cujas motivações são sobejamente conhecidas.

Tendo como o principal alvo a abater o pai, José Pedro de Morais, os criadores das “engenhocas” caluniosas postas a circular nas redes sociais, não olham a meios para atingirem os seus fins.

A mais nova vítima dos ataques deste naipe de “fabricantes de factos” é Edson Ndalu de Morais.
Acusam-no de ser marimbondo e sustentam a acusação com a alegada justificação de que terá desviado do Estado dois biliões de dólares. Nada mais absurdo, atribuído a um homem que está habituado a trabalhar e nunca a receber vantagens de mão-beijada. Ele dirige um conjunto de empresas do grupo empresarial familiar que nunca tiveram qualquer relação comercial com organismos do Estado ou Empresas Públicas!

O facto é que Edson Ndalu de Morais está a ser usado como “cobaia” para as acusações que visam apenas atingir o seu pai que deixou o Ministério das Finanças em 2008 e desde essa altura tem levado uma vida privada com excepção de uma passagem breve no governo do BNA em 2015.

Tanto quanto se sabe, não existe qualquer crime por ele cometido e muito menos Edson de Morais está a ser alvo de processo algum no Brasil, como se tenta insinuar na matéria colocada nas redes sociais.

Existem mínimos olímpicos que se devem respeitar nas relações inter-pessoais e acusar alguém sem provas ou criar factos com o único propósito de manchar a imagem e o seu bom-nome é um acto a todos os níveis deplorável.

Mais do que isso, repudia-se igualmente a cobardia destes textos encomendados, facto que confirma claramente os objectivos para os quais são ou foram produzidos.

De um tempo a esta parte que José Pedro de Morais tem sido alvo de uma autêntica campanha que visa o desgaste da sua imagem, com acusações de desvio de fundos no Ministério das Finanças de onde saiu há mais de 12 anos e no BNA, com uma passagem breve em 2015.

Incapazes de fragilizar José Pedro de Morais, não obstante a intensa campanha difamatória, os seus inimigos mudaram de estratégia, passando a lançar ataques contra os seus filhos e todas aquelas pessoas próximas a si.

O objectivo é fazer crer que as inverdades são factos reais. E o pior é que fazem-no de forma leviana, irresponsável e sem o mínimo de noção dos danos que estas notícias podem causar ao visado, bem como às respectivas famílias.

Ao contrário do que se propala, Edson de Morais tem muito boas referências em círculos onde passou, com destaque para o seu registo de jovem empreendedor, que à custa do trabalho árduo e abnegado alcançou êxitos nas suas missões.

Desmascarada que está a “teia” caluniosa contra os filhos de José Pedro de Morais, nada mais poderá admirar ou constituir surpresa nas redes sociais, quando o objectivo continuar a ser o de semear o ódio e a intriga no seio dos angolanos.
Os lesados nos textos que estão a ser partilhados nas redes sociais, não se vão coibir de intentar contra os autores, acções judiciais e exigir a reparação dos danos causados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »