VIANA-LUANDA: Comida expirada deixa mais de 50 Crianças entre a vida e a morte

Partilhe

Cerca de cinquenta crianças, afecta ao Centro de Acolhimento de Viana, encontram-se internadas em diversas unidades sanitárias, depois de consumirem sandes com enchidos (mortadela) estragados. Segundo a fonte que o Factos Diários teve acesso, a Administradora Adjunta para Área Social de Viana, Ginga Tuta, terá sido atriz principal desta novela que pode, em breve, apresentar capítulos ruins.


Por Redação do Factos Diários

Dores de barriga intensa e diarreia é o quadro que maior parte das crianças apresentam. Segundo fontes, a comida estava destinada aos funcionários da Administração Municipal de Viana, que participaram na última campanha de limpeza, devido o cheiro, rejeitaram comer a referida sandes, preferindo apenas o sumo.

Face à rejeição, Administradora Municipal Adjunta para Área Social, Ginga Tuta, proponente da alimentação, decidiu encaminhar as Sandes estragada no Centro de acolhimento.

“Foi a chefe Ginga que encomendou-as para se subfacturar e deu no que deu” revelou uma fonte da administração municipal. A fonte disse que Ginga Tuta na ânsia do enriquecimento fácil, tem usurpado competências da secretaria geral , entidade vocacionada para o efeito.

PUBLICIDADE NO FACTOS DIÁRIOS

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »