UNITA pede ajuda da sociedade civil para a materialização da Ampla Frente Patriótica

Partilhe

O Comité Permanente da Comissão Política da UNITA apela à sociedade civil organizada, às forças vivas da sociedade em geral, à Juventude e à todos os patriotas angolanos a unirem-se para juntos  materializar a Ampla Frente Patriótica e Democrática para a materialização das transformações que o país exige.


Por Isidro Kangandjo

 

As declarações foram feitas no dia 30 de Agosto  de 2021 na V Reunião Ordinária do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA, alargada aos membros do Conselho Presidencial e do Governo Sombra que foi precedida de um retiro, a 27 de Agosto e de um seminário metodológico, a 28 do mesmo mês, dos quais participaram os membros dos órgãos do Partido, acima referidos.

O Comité Permanente da Comissão Política da UNITA, afirmou no seu comunicado que constata o agravamento da situação social e económica do país cujos indicadores são o aumento da pobrezaꓼ a generalização de focos de fome e  malnutrição nas criançasꓼ a quase extinção da classe médiaꓼ a  falência  de  empresas e o aumento do  desemprego sobretudo na Juventude. Por essas e outras razões, o Comité Permanente apela a tomada de medidas de fundo na abordagem do fenómeno da cíclica seca no sul de Angola e não só para que de forma urgente sejam tomadas as pertinentes medidas para a reposição do ʺstockʺ de sementes que as populações consumiram devido à fome.

O Comité Permanente da Comissão Política da UNITA, volta a manifestar a sua grande preocupação pela crise que prevalece nos sistemas de saúde e ensino. Estes dois cruciais sectores sociais, no entender da UNITA, merecem reformas profundas para prestarem serviço republicano às populações. A outra preocupação da UNITA tem que ver com de mais de cinco milhões de crianças não puderem estudar este ano lectivo e partilha a dor das crianças e dos pais afectados e, recomenda, ao Executivo, massificar o uso das tecnologias de informação e comunicação para mitigar a inexistência de estabelecimentos escolares e a insuficiência de professores.

PERSWGUIÇÃO POLÍTICA

 

UNITA  denuncia o  plano  de  implosão  da  UNITA,  orquestrado supostamente  pelo regime  através do aliciamento dos  seus  quadros,  da propaganda partidária por meio dos órgãos estatais de comunicação social, da instrumentalização dos órgãos de apoio do Presidente da República e dos Serviços de Inteligência do país tendo como alvo o Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior.

Ensino de qualidade e a preço baixo está no ISKA Pólo Kilamba

A UNITA enaltece a coragem de  todos quantos têm se manifestado em defesa dos seus direitos constitucionalmente consagrados e dirige uma palavra de solidariedade aos jovens que ontem se manifestaram nas cercanias da Assembleia Nacional ao exigirem lisura das leis de suporte à realização das eleições gerais que se querem livres e justas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »