Técnicos de saúde no Icolo e Bengo em formação contínua

Partilhe

Inácio Cândido

Trinta técnicos de saúde dos 225 existentes no município de Icolo e Bengo, participam numa formação contínua, para reforçar os postos avançados com a denominação quinze quinze, que tem feito nos Bairros que compõem o Icolo e Bengo.

De acordo com a Directora municipal de saúde, Alexandrina Fernandes, o seminário que tem como objectivo dar formação aos técnicos, relaciona-se com um conjunto de normas e medidas que visam   proteger os  pacientes e os próprios técnicos de saúde.

“A formação será contínua e faseada, realizando-se mensalmente sendo que, uma das principais normas giza-se com biossegurança em hospitais, clínicas, laboratórios, higienização das mãos e o cuidado com as diversas ferramentas a serem usadas”, disse a directora.

Maria Rosa,  uma das funcionárias da Direcção municipal de saúde de Icolo e Bengo, licenciada em análise clínicas e saúde pública, considera importante debruçar sobre a biossegurança porque, transmite uma certa segurança aos profissionais de saúde.

Entretanto, sustentou que neste ambiente hospitalar, os funcionários estão propensos a  contaminações e a sofrerem  acidentes de trabalho devido a falta de algumas condições de trabalho ou mesmo por falta de ética profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »