PEDRITO DO BIÉ: “Já não tenho medo do MPLA e saibam que o meu voto em 2022 vai para ACJ”

Partilhe

O músico e compositor angolano, Pedrito do Bié se tornou, nos últimos tempos, a figura musical mais falada nas redes sociais por causa das suas intervenções em defesa de uma alternância política no país sob liderança de Adalberto Costa Júnior.


Por Isidro Kangandjo

Pedrito Chitumba Sapalo, ou simplesmente Pedrito do Bié, conta que “Já não tenho medo do MPLA e saibam que o meu voto em 2022 vai para ACJ”. O jovem, mostra-se saturado com as políticas fracassadas do partido que governa Angola há 46 anos e sugere aos seus amigos e seguidores a mudança necessária e urgente do governo em Angola.

O músico, fez saber igualmente que se a eleições de 2022 forem justas e transparentes, o candidato da UNITA, Adalberto Costa Júnior terá 75%  de votos e o candidato do MPLA, João Manuel Gonçalves Lourenço terá apenas 15% dos votos enquanto as outras percentagens ficarão para os outros concorrentes.

Até agora, Pedrito do Bié não revelou a sua militância, apenas mostra-se fiél amigo de ACJ e com ele quer contar na alternância do poder nas próximas eleições marcadas para 2022. “Se apoiar ACJ significa que você é da UNITA, então, meus irmãos, pensem o que quiserem porque até agora ninguém se mostrou tão digno do nosso apoio para mudança da nossa Angola. Uma liderança para um novo paradigma, apoiamos Adalberto Costa Júnior”, alertou.

Pessoas próximas ao músico, revelaram ao Factos Diários que Pedrito do Bié há três anos está a se dedicar na pesquisa e leitura nos livros relacionados com a filosofia, ciências políticas, História e sociologia. O músico, foi várias vezes encontrado a ler  livros intitulados “A história das Ideias Políticas”, de João Diogo do Amaral, “Matemática da Coerência”, de Dog Murras e o livro de Osho  intitulado “Poder, Político e Mudança”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »