O FIM DO BASTIÃO: CONFLITO DE DIREÇÃO FRAGILIZA A UNITA EM CACUACO

Partilhe

Depois da exoneração de Manuel Neves ao Cargo de Secretário Municipal da UNITA em Cacuaco, no dia 07 de Dezembro de 2019, o bastião da UNITA em Luanda ficou fragilizado. Informações confidenciais que o Factos Diários teve acesso, o sucessor, Alfredo Faustino Sahinga, terá dirigido o município com espírito de vingança e, a actitude levou muitos militantes no descontentamento.


Por Isidro Kangandjo

Num passado não muito distante, Alfredo Faustino Sahinga, secretário da UNITA substituído há sete dias, disse ao Factos Diários que o trabalho anda paralisado por culpa de questões internas promovidas por Eusébio Manuel Neves. Segundo o político, militantes que constituíram o quadro orgânico de Manuel Neves, terão sido instrumento para que o seu trabalho não tivesse pernas para andar.

Actual secretário Municipal da UNITA

Em busca de soluções para recuperar a maior praça eleitoral da UNITA, em  Dezembro do ano passado, Secretário provincial da UNITA, Nelito da Costa Ekwikwi, nomeou Tavares Victor Mbule, como substituto de Alfredo Sahinga. As trocas de pastas foram feitas no dia 30 de Dezembro. Apesar de ser nomeado o novo secretário, os militantes continuam divididos e a situação foi agravada depois da exoneração de Dinis Matumona ao cargo de Secretário municipal adjunto.

DE 2016 A 2019, MANUEL NEVES CONSEGUIU MAIS DE 49.389 MEMBROS E 30 COMITÉS DE ZONA

O Factos Diários contactou nessa segunda-feira, 04 de Janeiro, o político Eusébio Manuel Neves e este negou ser o actor dos descontentamentos de militantes e considera como perseguição política. “Já fui acusado de ser um dos elementos que pretende substituir o presidente da UNITA, já fui acusado de ser militante do MPLA e pessoa ligada aos serviços secretos, felizmente eu não sou e serei eternamente fiel aos ideais de mwangai e do presidente fundador”.

Nomeado no dia 18 de Fevereiro de 2016, Manuel Neves encontrou no secretariado municipal 23.323 membros com o cartões e apenas 13 comités de zonas, durante os três anos de mandato, a sua equipa de trabalho mobilizou 49.389 membros com cartões, totalizando 72.712 membros, Constituíram 30 comités de zonas perfazendo 43 comités.

Eusébio Manuel Neves

“Durante o meu mandato, as intrigas existiram, mas tivemos de dar prioridade ao trabalho. Foi Alfredo Faustino Sahinga que patrocinava alguns jovens do partido para me acusarem de ser militante do MPLA. Esperamos que se faça um bom trabalho e que se encontre quem realmente é o actor dessas divisões”, disse.

Ekwikwi, disse a cinco meses, que Cacuaco é antes da realização das eleições autárquicas, um município ganho desde os tempos pela UNITA. “Queremos ter a especial atenção ao município de Cacuaco, na formação de líderes para disseminarem a mensagem que levará o partido a vencer as eleições autárquica”, disse.

A questão é a seguinte: Aproxima-se a pré campanha para as eleições de 2022, quem vai recuperar os militantes indecisos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate »