Ministério das Finanças priva salário dos sapadores há quatro meses

Partilhe

No âmbito de combater fantasmas que caracteriza aquela instituição, funcionários da Unidade Especial de Desminagem afecto à Casa de Segurança do Presidente da República, desde o mês de junho não recebem os seus ordenados.


Por Isidro Kangandjo

 

Soube ontem, domingo, 12, o Factos Diários que uma equipa ligada ao Ministério das Finanças, liderado por Vera Esperança dos Santos Sabes de Sousa, cancelaram todas as contas dos dirigentes até o último soldado daquela unidade especial por causa do esquema de corrupção e fantasma na UED/CSPR.

“Antes do cadastramento do pessoal que acontece a terceira vez nas nossas Brigadas, fomos alertados que a situação seria regularizada num prazo de um mês. A verdade é que desde o mês de Junho não conhecemos a cor do dinheiro e, por essa razão, os nossos filhos correm o risco de não estudar por falta de dinheiro para comprar materiais didáticos”, disse a fonte.

 

Por uma questão disciplinar militar, os mesmos são proibidos de se manifestar, por isso, pedem a máxima solução à Ministra das Finanças e outras entidades da Casa de Segurança para não se colocar em causa o bem-estar dos cidadãos uma vez que os sapadores  trabalham com os meios explosivos.

Ensino de qualidade e a preço baixo está no ISKA Pólo Kilamba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »