Mãe do músico “Socorro” pode morrer por falta de alimentação

Partilhe

Por detrás da cidade KK 5000 existe uma população que atravessas diversas dificuldades. Ou seja, a falta de serviços e condições sociais deixa mais de 15 mil famílias, sem era nem beira, sendo que um dos familiares do músico em questão, que reside no Bairro Bita Sapú é uma das vítimas.

Por Isidro Kangandjo

Teresa André é mãe do músico Calayande José Cabeya, ou simplesmente, “Socorro” que fruto do seu trabalho tornou-se uma “lenda Nacional”, tendo mostrado ao mundo que a cegueira não limita os sonhos.

A fome e desespero deixa a mãe do talentoso músico, sem futuro, tal como a mesma avançou ao nosso site, porém, disse ainda que pode perder a vida por causa da fome que até aqui, já provocou a morte de 13 pessoas só na capital do país, Luanda.

Músico Socorro

A mãe, irmã e mais quatro sobrinhos do “Socorro” vivem no Bairro Bita Sapú, sem condições numa kubata de chapa, que, por sinal, não os pertencem.

Segundo o vizinho que não quis se identificar, conta que o músico vivia no Bita nas mesmas condições, mas depois do assalto que terá sofrido abandonou a zona com um dos sobrinhos, o seu guia. A viatura à disposição do músico “Socorro” tinha-lhe sido ofertado pelo antigo Governador da Província do Uíge, Paulo Pombolo, em 2011. A mãe do músico “Socorro” clama pela ajuda, isto é, desde alimentação e uma casa em condições para morar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »