João Pinto desmente Navita Ngolo Deputada da UNITA

Partilhe

A deputada da UNITA Navita Ngolo, tem anunciado na sua página do Facebook e nos órgãos de comunicação social que o político do MPLA e deputado pela Bancada Parlamentar do MPLA, João Pinto, foi formado graças a bolsa de estudo oferecido pela UNITA. Muito recentemente, circulou nas redes sociais uma Carta que levanta suspeição sobre a estadia do político em Portugal, acusando-o de ter sido favorecido pela UNITA e Adalberto Júnior, presidente do Galo Negro.

Por Redacção do Factos Diários

No dia 30 do mês e ano em curso, João Pinto escreveu “eu nunca recebi um tostão ou bolsa da UNITA, já Navita teve bolsa das pescas no tempo da UNITA Renovada de que o Pai era líder opondo-se à Savimbi. Noto que os militantes da UNITA e seus dirigentes e alguns equivocados ou intriguistas procuram gerar suspeições sobre uma fantasiosa imaginação de ter sido bolseiro da UNITA ou recebido ajuda. É mentira.”, disse.

O professor e Político Joao Pinto, quando se encontrava em formação na terra de Camões, avançou que não teve simpatia ou idade para se envolver em Política e a formação foi suportado pela família e o emprego que conseguiu no país irmão.

“Sinto repugnância e teria vergonha ter sido cúmplice de gente que raptou, roubou e matou familiares nosso e destruiu patrimônio do meu avô. Se calhar estão a lembrar-se dos meus primos menores raptados pelas FALAS ou um nome parecido. Se tivesse tido agradeceria ou até devolveria os valores por vergonha por descobrir a vossa hipocrisia”, frisou.

Joao Pinto, pede à UNITA para terem vergonha e procurarem respeitar a diferença Se querem ser alternativa, aprender regras de convívio civilizado e urbano numa democracia plural e o conteúdo da dignidade humana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »