HUAMBO: Furto de galinha termina em morte

Partilhe

Um cidadão de 42 anos de idade, que em vida respondia pelo nome de Zacarias Tchissol, natural do Município do Mungo e residente antes da morte na aldeia de Inguevi, ombala de Bonga, Sector do Monte Belo, conheceu a morte por alegadamente ter subtraído uma galinha que se encontrava na chocadeira, propriedade do cidadão F.M, por sinal, Seculo da referida aldeia.


Por redação do Factos Diários

Tudo deu-se quando o malogrado encontrava-se a cuidar do gado em pasto e ao dar conta do animal, desferiu-no com um pau e levou o mesmo à mata para a refeição, e tendo sido visto pelos cidadãos LM, JJ e FF, com idades de 22 à 26 anos, netos do proprietário, de 71 anos de idade, que ordenou a recolha do infeliz que na ocasião, foi encontrado com galinha sobre as brasas a assar.

Que, trazido ao Seculo, sob suas ordens, os netos espancaram-no até que viram seu estado a complicar e na tentativa de socorre-lo, momentos depois, acabou por sucumbir.

Os implicados respondem já pelos seus actos, aguardando a medida de coacção que melhor se adequar, na perspectiva de um fim justo.

Entretanto, o SIC apela aos cidadãos a não realizar justiça por mãos próprias, devendo sempre apresentar os meliantes as autoridades.

Ensino de qualidade e a preço baixo está no ISKA Pólo Kilamba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate »