HUAMBO: Cidadã morta por alegado furto de sete maçarocas

Isolated two tone sweet corn on white background

Partilhe

Uma cidadã de 41 anos de idade foi morta, esta semana, na comuna de Catata, município da Caála (Huambo), alegadamente por ter furtado sete maçarocas numa lavra da localidade, soube a Angop.


Por Redação do Factos Diários

O facto foi tornado público hoje, sexta-feira, pelo porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC), no Huambo, Miguel Bongue Calembe, salientando que o crime de homicídio voluntário terá sido praticado por um cidadão, também de 41 anos de idade, já a contas com os órgãos judiciais.

Informou que para o cometimento do crime, o acusado espancou brutalmente a vítima que acabou por perder a vida no local. Miguel Bongue Calembe aconselha, por esta razão, a população a se abster de práticas de justiça por mãos próprias, devendo encaminhar qualquer situação do género aos órgãos de justiça.

Para além deste homicídio, o responsável disse que uma anciã de 69 anos de idade foi, igualmente, morta na comuna do Lunge, município do Bailundo, depois de acusada de feitiçaria por nove cidadãos, três dos quais já detidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »