“Governador de Malanje não é angolano”

Partilhe

O descendente do Rei Ngola Kiluagem e da Rainha Nzinga M’bande, Príncipe Venâncio Lucungo, afirmou na última Quarta-feira, 10, na ocasião da apresentação do relatório de auscultação das comunidades sobre o acontecimento do dia 30 de Janeiro do ano em curso, em Cafunfo, que é amigo do actual governador de Malanje e que ele nunca foi angolano


Por Joaquim Paulo

 

“O Governador de Malanje, Kwata Kanawa, é zairense e não pode governar nenhuma província de Angola.” Foi nesses termos que o príncipe Venâncio Lucungo, bisneto da Rainha Nzinga M’bande começou a pôr em evidência a nacionalidade de Norberto Fernandes dos Santos, o actual Governador da terra da Palanca Negra Gigante.

Questionado pelo Factos Diários, sobre as bases das suas afirmações, Venâncio Lucungo respondeu, sem sobressaltos, que é amigo do governador e que, também, conviveu com o pai do mesmo há muitos anos.

príncipe Venâncio Lucungo, bisneto da Rainha Nzinga M’bande

“O pai dele é um senhor muito simples e nunca me escondeu nada sobre as suas origens”, continuou, para mais adiante dizer que conviveu com os pais do governador em Portugal, na cidade de Braga.

“O senhor Santos é muito simples. Ele mesmo disse-me que é do Kongo Brazavile e trouxe os seus pra cá no tempo da guerra. Entretanto, gosto muito das explanações daquele senhor e tenho aprendido muito com ele”, palavras do “Príncipe de Angola”.

“Angola está nas mãos dos colonos, colonos pretos. Muitos deles são os Generais”, ouviu-se também no discurso.  Terminou a sua abordagem reiterando que Kwata Kanawa é zairense e não pode estar enfrente do país.

O Factos Diários sempre teve a vontade de ouvir o Governador de Malanje, porém, em Novembro do ano passado o seu Director do Gabinete do Comunicação Social garantiu que não fala em sites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Translate »