Governador de Cabinda quer combater criminalidade juvenil com emprego e formação

Partilhe

O Governador Provincial de Cabinda, Marcos Alexandre Nhunga, o convidado especial do espaço “Tudo Claro”, da iniciativa do Gabinete de Comunicação Social daquela província em parceria com os órgãos locais, reconheceu, ontem, que o combate a Criminalidade juvenil passa dar emprego e formação aos jovens.


Por redação do Factos Diários

Marco Nhunga diz ter acompanhado com muita preocupação a elevada taxa de criminalidade na província, mas entende que em alguns casos a solução é dar emprego e formação dos cursos técnicos e profissionais a juventude. De acordo com o Governador, a Centralidade de Cabinda, empregou, numa primeira fase, 200 jovens e prevê recrutar mais 600 perfazendo 800 postos de trabalho enquanto os restantes poderão aguardar outras oportunidades.

O Representante do Titular do Poder Executivo na zona mais ao norte de Angola, pede aos jovens a se dedicarem na formação dos cursos técnicos para se encontrar com maior facilidade o emprego.

Nhunga, reconheceu, por um lado, a vontade dos jovens de Cabinda no que a formação diz o respeito e sente-se orgulhoso da sua juventude, por essa razão, promete trabalhar junto Governo Central para mitigar a situação que assola a nova geração.

“O que me deixa orgulhoso é que a juventude de Cabinda gosta de estudar e o que precisamos é ver a conclusão das obras do Campo Universitário para  resolver o problema dos estudantes que precisam dos cursos técnicos profissionais”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »