Generais e Magistrados do Tribunal Militar tomam de assalto terrenos da Conda Marta

Partilhe

Segundo o Advogado do Oficial das Forças Armadas, Salvador Dos Santos, o Tenente-coronel está preso devido ao conluio entre os Magistrados do Tribunal Militar e os Generais que querem se apropriar das terras ligadas à empresa Conda Marta.


Por Joaquim Paulo

Trata-se do Oficial das Forças Armadas Angolanas, Tenente-coronel Daniel Neto, que se encontra encarcerado há mais de 5 meses, na prisão militar do Tombua, que, segundo o seu Advogado, amando de um grupo de altas patentes das FAA, que se estão apropriar dos hectares de terra do Tenente.

O Oficial das FAA é proprietário de um espaço (de terra) situado no Distrito Urbano da Cidade Universitária, em Luanda. Ele, segundo o seu Advogado, está defender apenas a sua propriedade, mas, segue o Advogado, “as autoridades, os Magistrados e um grupo de Generais criaram argumentos falsos e fabricam mandatos de detenção”, para prejudicar o proprietário legítimo e tomarem conta do seu terreno.

“O meu cliente encontra-se detido porque o comandante da região militar de Luanda assim o quis. ” O comandante e os seus aliados também estão a cobiçar o terreno, tanto que, emitiu um mandato de apreensão forjado e “muito ilegal”, disse acusando-o de um suposto crime de usurpação de terra “, disse o advogado.

O Ministro da Defesa e Veteranos da Pátria já foi contactado, porém, nada fez.

“Em relação a prisão ilegal, já marcamos audiência com o Ministro da Defesa e, o mesmo, ficou perplexo com o que está acontecendo no Tribunal Militar de Luanda. O Ministro pareceu sem meios para intervir, porque, penso que existe um interesse político no meio de tudo isso e, sobretudo, do próprio espaço”, palavras do Advogado Salvador Freire Dos Santos.

Face o excessos da força, prepotência e arrogância dos Magistrados do Tribunal Militar e companhia, o Advogado avançou que vai dar entrada ao Tribunal Constitucional um documento, espelhando todos os actos inconstitucionais protagonizados por estes.

Sabemos também que, as altas patentes que são envolvidos, usaram os recursos e meios militares para conseguirem neutralizar e tomar conta do terreno e tudo que nele há.

O Factos Diários vai continuar acompanhar o processo, até o seu desfecho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »