Falta de higiene torna a praia de Cacuaco castelo de lixo

Partilhe

Depois de se ter decretado o estado de emergência em Março do ano passado, a orla marítima de Cacuaco vem conhecendo momentos piores em terno de recolha dos resíduos que sai do mar. A situação deixa preocupado os munícipes.


Por Amélia Rosa

A equipa do Factos Diários esteve hoje, 04, no local para constatar a realidade. Segundo os comerciantes da Orla Marítima, afirmam que desde que foi decretada o estado de emergência, a recolha do lixo tem sido feito apenas uma vez por semana.

“É muito lixo, precisamos que se faça alguma coisa”, disse a senhora Isabel que considera importante manter as praias mais limpas para o melhoramento da imagem do espaço mais visitado no município.

Uma outra preocupação avançada por comerciantes relaciona-se com a falta de clientes. “Depois do surgimento da pandemia em Angola, as nossas barracas perderam os clientes e já despedimos também as jovens que nos auxiliavam na preparação das feições”, lamentou Catarina Bernardo.

O FD contactou a administração municipal, porém ficou a garantia de se pronunciar oportunamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »