Edir Macedo promete matar Pastores revoltados e sua família através da oração

Partilhe

O fundador da Igreja Universal, Edir Macedo, prometeu através de um vídeo com o seu representante da Universal em Angola Honorilton Gonçalves, acabar com os Pastores angolanos e sua família que estão revoltados com as injustiças que estão sendo levado a cabo há muitos anos.

Por Isidro Kangandjo

“Nós estamos trabalhando, nós estamos lutando, Nós estamos clamando a Deus e vocês podem ter a certeza, quem está a nos ouvindo pode ter a certeza que essa situação vai mudar e o nosso Deus vai ser glorificado e aqueles que estão se revoltando, eles vão descer a sepultura mais breve do que se possa imaginar e pior, inclusive as suas respectivas famílias”, disse o Bispo Macedo.    

 o corpo de pastores denunciou “atos de arbitrariedades” que estariam sendo praticados pela direção da Universal em Angola no qual o bispo Honorilton Gonçalves, segundo a nota, estaria perseguindo, punindo e intimidando Bispos e Pastores angolanos.

Além da vasectomia imposta a pastores, mulheres dos religiosos estariam sendo obrigadas a abortar, conforme a nota.

Entre outras queixas dos religiosos, o documento denuncia ainda a “falsificação de acta de eleição de órgãos sociais da IURD”, emissão de procurações com plenos poderes a cidadãos brasileiros para exercer actos reservados à assembleia geral, proibição às mulheres de pastores de terem acesso à formação académica-científica e técnico-profissional, irregularidades no pagamento de segurança social dos pastores e falta de projecto de desenvolvimento pastoral em formação teológica específica.

De informar que das 35 igrejas em Luanda, os manifestantes passaram a controlar igualmente 18 igrejas em Benguela, 14 em Malanje, 10  na província do Huambo e 8 no Luanda-Norte. O grupo tomou o controle também da Catedral do Morro Bento e do Cenáculo do Patriota, principais centros religiosos da instituição em Luanda.

A igreja foi fundada no dia  9 de julho de 1977, Rio de Janeiro, Brasil tendo como fundador o Bispo Edir Macedo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »