China junta-se ao acordo para distribuir vacina de Covid-19 às nações mais pobres

Partilhe

China assinou acordo para garantir que, no futuro, a vacina de Covid-19 é distribuída pelos países em desenvolvimento. O país junta-se assim ao esforço da Organização Mundial de Saúde para controlar a pandemia do novo Coronavírus.


Por Redação

A COVAX é uma iniciativa da Organização Mundial de Saúde que tem como objetivo entregar vacinas aos países mais pobres assim que estiverem desenvolvidas, e evitar que os países mais ricos limitem a distribuição dos farmacêuticos produzidos pelas suas companhias.

Segundo a porta-voz do ministério dos negócios estrangeiros da China, Hua Chunying, aderir ao projeto COVAX “é uma honra” e promete “tornar as vacinas de Covid-19 num bem público”.

No entanto, não deu detalhes relativamente ao financiamento que irá disponibilizar à iniciativa, que tem como objetivo angariar 2 mil milhões de dólares norte-americanos e planeia auxiliar 92 países com uma futura vacina.

As vacinas chinesas “vão ser distribuídas pelos países em desenvolvimento com prioridade”, disse Hua, e adiciona que Pequim espera que “mais países capazes se possam juntar e apoiar a COVAX”.

Os Estados Unidos da América, outra grande potência mundial não aderiu à COVAX até agora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »