CABINDA: Detido funcionário da TAAG por cobrança ilícita de valores à passageiros

Partilhe

O Serviço de Investigação Criminal deteve, nesta terça-feira, 13 de Julho, no aeroporto Maria Mambo Café em Cabinda, um cidadão nacional, de 34 anos de idade, funcionário da transportadora aérea de bandeira TAAG, por cobrança ilícita de valores a pacatos cidadãos que se acham na lista de espera para seguirem viagem à cidade capital, Luanda.


Por Redação do Factos Diários

A detenção ocorreu no momento em que o suspeito, no exercício das suas funções no balcão da TAAG do aeroporto Maria Mambo Café, procedia a cobrança indevida de valores monetários de Akz.30.000,00 a 40.000,00, para colocar nomes dos interessados na lista para viagem de Cabinda à Luanda, quando na verdade, este serviço é totalmente gratuito.

Numa altura em que se regista fraca frequência de voos para Cabinda e reclamações por parte da sociedade civil cabindesa, o SIC intensificou acções operativas no aeroporto e áreas circunvizinhas, no sentido de determinar casos de especulação de bilhetes de passagem, corrupção activa, passiva e outros delitos, levantados pela mídia local.

Perante o ilícito penal previsto por lei, o SIC garante continuar a trabalhar para descortinar a rede em causa, de Cabinda/Luanda e vice-versa, com vista a mitigar tais comportamentos e acudir o clamor dos utilizadores daquela transportadora área.

O Factos Diários sabe que o mesmo não age sozinho, recentemente, um cidadão que preferiu não se identificar, foi obrigado a transferir na conta de um dos funcionários da TAAG, em Cabinda, cerca de 140 mil kwanzas para adquirir o bilhete de passagem à Luanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »