BENGUELA: Rendida à estratégia mobilizadora do primeiro secretário nacional da JMPLA

Partilhe

Memorável, inédito, interessante e bastante produtivo. Assim foi o acto político para celebrar os 59 anos da “J” ao aroma das acácias rubras. O sucesso desta actividade tem um nome “Crispiniano dos Santos”, indiscutivelmente.


Por Afonso Eduardo

Carismático, e com todas as valências intelectuais que acarreta, Crispiniano exteriorizou o seu espírito patriótico para levar avante um processo que arrastou consigo um banho de gente.

O acto de massas, em Benguela, demonstra a grande capacidade de mobilização de Crispiniano dos Santos à frente dos destinos da organização política.

Convicto e ousado, Crispiniano protagonizou um momento indelével, na óptica dos experimentados no metiê, momento que foi prestigiado pela vice-presidente do MPLA, Luiza Damião. A dirigente rendeu-se às evidências. Ademais, com a sua oratória envolvente e cativante, Cristiniano discorreu pelas quase seis(6) décadas da JMPLA de uma forma clara, perspectivando o futuro e revelando o compromisso fiel e honesto com a força motriz do nosso país.

É importante realçar que o impacto da actividade juvenil, de massas, mexeu tanto com Benguela, que foi tema de conversa nesta semana. É verdade. Fazia muito tempo que não se via a organização juvenil do MPLA tão empolgada a mobilizar jovens, a arrastar milhares de militantes e a agitar uma cidade inteira. Mérito para a equipa engajada no acto, sob comando de Crispiniano dos Santos.

Com o seu jeito peculiar, calmo e humilde, porém, proactivo, Crispiniano dos Santos caminhou de bairro em bairro, ruelas à dentro, pela cidade e até às zonas mais recônditas para auscultar a massa juvenil do universo populacional benguelense.

É inegável que estamos diante de um líder de mão cheia que conquista a simpatia dos jovens com a sua capacidade de comunicação e de persuasão. Durante a sua estada em Benguela e à semelhança do que já se viu no Cuanza Sul e n’outras províncias por onde passou, a adesão dos jovens sempre foi massiva em cada acto que dirigiu. É unânime ouvir dos jovens que Crispiniano identifica-se com os propósitos da JMPLA.

Para quem vivenciou o acto da JMPLA em Benguela, terá visto e se surpreendido com a moldura humana que se congregou por uma causa. Foi tão arrebatador, que parecia ser uma actividade de massas do próprio partido MPLA. E há quem tenha questionado, inclusive, que se uma actividade da JMPLA atinge tamanho nível de mobilização, o que seria então do MPLA? A verdade é que Crispiniano dos Santos sacudiu a Província de Benguela(no bom sentido) e foi a figura de destaque desta concentração que resultou também num êxodo de jovens para as fileiras da JMPLA.

Lembramos que Crispiniano dos Santos, foi eleito primeiro secretário nacional da JMPLA, em outubro de 2019 durante o VIII Congresso Ordinário.

Vencer todos os desafios preconizados, de forma a continuar a resolver os problemas do povo angolano com empenho, acções e esforços duplicados para que se atinja a finalidade que se pretende. É, e sempre foi o pensamento de Crispiniano dos Santos.

“Com a passagem triunfante em Benguela, conclui-se desde já que estamos perante um líder que chegou, viu e venceu!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »