Avó do adolescente morto pela Polícia Nacional em Cacuaco promete recorrer a feitiçaria

Partilhe

Por Matias Venâncio António

Mais uma vida foi tirada pela força de segurança angolana no município de Cacuaco, segundo relatos dos familiares ouvidos pelo nosso Portal, dizem que tudo terá acontecido quando o adolescente morto pelos efetivos da Polícia Nacional recentemente em Cacuaco no bairro Boa – Esperança Centro, vinha da sua tia depois de ter assistido uma novela que era do seu agrado.

Ao regresso para casa já 18 horas, foi interpelado por quatro efectivos afeto ao Comando Municipal de Cacuaco, sem nenhuma interrogação, os agentes fizeram um disparo pelo ombro e, posteriormente, um outro disparo da cabeça que acabou de ceifar a vida do adolescente que se chamava Clinton Dongala.

Inconformados com assassinato do adolescente Clinton, os familiares pedem justiça para quem é de direito.

Avô do malogrado identificada por Helena João Dongala, conta que  tudo fará para que o nome do seu neto não seja esquecido e promete recorrer a feitiçaria para também aqueles agentes que ceifaram a vida do seu neto conheçam o mesmo destino.

Dongala João, pai do malogrado avançou no Factos Diários que  depois da morte do seu filho, a polícia prometeu mais uma morte no seio da família, porém, não entende as razões e pede socorro na constituição de um advogado para apaziguar esta situação que já dura há duas semanas.

A nossa reportagem tudo fez para ouvir o Comando Municipal de Cacuaco na pessoa do seu Comandante sem gravar a entrevista, disse que este assunto não comete ao Comando Municipal mas sim, ao Comando Provincial de Luanda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »