MÁ GESTÃO: Membros da AMOTRANG querem Bento Rafael na cadeia

Partilhe

“Precisamos que a PGR quer os Serviços de Investigação Criminal (SIC) investigue também o nosso presidente da AMOTRANG porque as contribuições de 100.00 Kwanzas que contribuímos todos os dias, nunca conhecemos o destino destes recursos”.


Por Redação do Factos Diários

Presidente da Associação dos Mototaxistas Transportadores de Angola (AMOTRANG), Bento Rafael, é alvo de críticas dos seus associados que nada vejam de melhor desde a fundação da associação.

A equipa do Factos Diários, distribuída em sete municípios dos nove que constitui a província de Luanda, assim como os correspondentes das províncias de Benguela, Huambo, Malanje e Bengo, efectuaram um trabalho na primeira e segunda semana de Outubro virado com as quotas e ficha diária que os cupapatas ou simplesmente moto-taxistas entregam aos fiscais da AMOTRANG.

António Pedro, vulgo “Beloy”, é motoqueiro há sete anos e vem pagando a quota diária de cem kwanzas na AMOTRANG durante três anos. Segundo o jovem, diz ser arrependido de ter enriquecido alguém que pouco ou nada faz na defesa dos Mototaxistas.

“Estamos a entregar o dinheiro desnecessariamente porque a própria associação parece ser fantasma, eu não vejo a direcção geral e o que existe em Cacuaco está abandonado. Eu digo que esse é apenas uma associação que surgiu com o objectivo de extorquir o dinheiro dos motoqueiros”, disse.

BENTO RAFAEL|PRESIDENTE DA AMOTRANG

As lamentações são as mesmas, para os contribuintes, os seus valores diários não se faz sentir e suspeitam que o presidente, Bento Rafael, tem se apropriado do dinheiro dos Mototaxistas para o interesse pessoal. “Está mais que transparente que o senhor Bento Rafael tem desviado o nosso dinheiro e também está a muito a muitos neste cargo, numa associação séria, atendo o tempo, já deveria se realizar uma outra eleição porque o projecto pode ser dele mas existe pessoas com competências para darem o seu máximo”, contou o jovem Hilário na província de Malanje.

Os homens que levam passageiros onde os taxistas ao chegam, recorreram na frase do antigo presidente da CASA-CE, Abel Chivukuvuku quando dizia “quem não conhece o teu sofrimento não pode resolver o teu problema”, os Mototaxistas contam que Bento Rafael é um visionário mas também ambicioso que nem se quer tem tempo para resolver os seus problemas.

No município do Cazenga, alguns Mototaxistas começaram a criar Staff no sentido de cobrir lacunas apresentada pela AMOTRANG, em questão de emergência e da apreensão de motorizada, o presidente da staff vai à esquadra ouvir o agente e encontrar soluções.

“AMONTRANG está muito longe de nós, para eles, não existimos porque se preocupam apenas com a quota e mais nada. Como estratégia, pensamos criar a staff para preencher o vazio deixado pela associação”, disse Adão Victor.

O vazio que os motoqueiros se referem, tem a ver com a falta de defesa diante dos agentes da polícia que apreende a motorizada mesmo este ter documentos completos. “Os micheiros (polícia) se tornaram os nossos adversários e roubam mais que o próprio presidente da AMOTRANG”, disse o motoqueiro identificado por nome de três quedas.

O trabalho de transporte feito de motorizada, começou oficialmente no Kwanza sul e hoje é uma realidade em todos os bairros do país. Muitos fazem deste trabalho para a realização de outros sonhos enquanto uns construíram casas e compraram vagas nas instituições públicas.

uma fonte ligada à AMOTRANG, revelou ao Factos Diários que os valores que são arrecadados todos os dias, são depositados na conta do presidente e, ninguém sabe o certo quanto se arrecada no final do mês. A fonte, conta que apesar da associação existir a duas décadas, nunca se realizou assembleia no sentido de dinamizar e eleger um novo presidente da associação.

O maior incómodo que os Mototaxistas enfrentam é a polícia nacional que marginaliza e extorque dinheiro dos cidadãos, o que mais preocupa é que os mesmos apesar de terem uma associação, a mesma não defende e nem protege os seus associados.

Para o cruzamento das informações, a nossa equipa de reportagem contactou várias vezes o presidente da Associação, atendia as chamadas mas nunca mostrou-se interessado. O Factos Diários sabe que AMOTRANG controla mais de 21 mil associados, segundo Bento Rafael, cerca 13 mil membros obtiveram carta de condução graças ao pagamento de quotas numa parceria entre associação e a Polícia Nacional. Das pessoas por nós entrevistas, nenhuma delas ou seus colegas foram beneficiados e consideram como um relatório falso para justificar o dinheiro que está sendo roubado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »